Segurança pública volta a ser alvo de discursos no Plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco

O crescimento da violência em Pernambuco e as medidas adotadas na área de segurança pública foram temas de pronunciamentos no Pequeno Expediente da Reunião Plenária desta terça (15). O deputado Antônio Moraes (PSDB) alertou para o aumento da presença do crime organizado em Lagoa de Itaenga, na Mata Norte, enquanto Edilson Silva (PSOL) pediu mais diálogo para a redução dos crimes violentos. Joel da Harpa (PTN), por sua vez, destacou a graduação de mais de 1,5 mil profissionais no curso de formação de sargentos.

Moraes disse que tratou do caso do município da Mata Norte em reunião na última segunda (14), com o chefe de Polícia Civil, delegado Joselito Kehrle do Amaral. De acordo com ele, quadrilhas de fora do Estado se estabeleceram na cidade, de onde controlam o tráfico de drogas na região. “Vamos ajudar a polícia no trabalho de investigação para chegar aos elementos que estão colocando em polvorosa a população, praticando homicídios, assaltos, roubos e furtos”, afirmou.

Na sequência, Joel da Harpa destacou a conclusão do curso de formação de 1.529 novos sargentos da Polícia Militar de Pernambuco, marcada por solenidade no quartel do Derby, na área central do Recife, na última segunda (14). O parlamentar avaliou que os sargentos vão contribuir no combate à criminalidade como comandantes das guarnições que estarão policiando as ruas. O deputado também comentou sobre a lei que trata da carreira dos militares em Pernambuco. “Quero parabenizar os novos integrantes. Este momento vem de uma luta da categoria que começou em 2015, defendendo a importância de haver promoções dentro da corporação. Eu me sinto honrado de participar dessa discussão na Casa e de ter acompanhado as negociações”, disse.

Já Edilson Silva (PSOL) repercutiu reportagem publicada pelo Jornal do Commercio no sábado (12), antecipando dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) sobre o número de homicídios em Pernambuco. Segundo o parlamentar, as ocorrências cresceram em julho e a média chega a 16 homicídios por dia. “Nesse ritmo, vamos fechar 2017 com aproximadamente 6 mil homicídios. Não podemos aceitar o silêncio a que o Governo está tentando submeter a questão”, expressou, ressaltando que, na maioria, as vítimas são jovens negros de baixa renda. O parlamentar voltou a pedir ao governador Paulo Câmara “humildade” para discutir o problema com a sociedade, por meio de uma Conferência Estadual de Segurança Pública. “Por que não ouvir a sociedade e garantir seu engajamento na busca de soluções?”, questionou.

Yane Marques recebe homenagem durante comemoração dos 195 anos do TJPE

Público assiste às solenidades

Os eventos em comemoração aos 195 anos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) seguiram pela manhã desta segunda-feira (14) com as homenagens a personalidades que contribuíram com ações de forma efetiva coma evolução da Justiça e melhoria da sociedade. A solenidade ocorreu no Salão dos Passos Perdidos, no 1º andar, do Palácio da Justiça, no bairro de Santo Antônio, no Recife. Confira as fotos no álbum do TJ pernambucano no Flickr.

O Quinteto da Orquestra Criança Cidadã abriu o evento executando o Hino Nacional, e as músicas Por una Cabeza, de Carlos Gardel; e Asa Branca, de Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga. Em seguida, o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo, falou da função do Judiciário, que vai além do julgamento de lides e conflitos.

“A missão institucional atribuída ao Judiciário é a de assumir um papel preponderante no enfrentamento a questões de desigualdade social. Por isso, na defesa de uma atitude dinâmica, progressista e reformadora, temos de afirmar, perante os cidadãos, nosso compromisso de colaborar com as transformações sociais. Então, promover justiça significa possibilitar oportunidades a todos. Para isso, é fundamental que o Judiciário conscientize as pessoas sobre seus direitos de cidadania. Quando conhecemos os nossos direitos, podemos buscar melhorias. A promoção do acesso à Justiça representa permitir que cada cidadão tenha os seus direitos garantidos”, afirmou.

Após o discurso do chefe do Judiciário estadual teve início a entrega da Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes Machado. No total, 25 pessoas foram agraciadas com a medalha e 31 homenageados com o Diploma de Honra ao Mérito.

Entre os agraciados com a Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes Machado, esteve presente a Afogadense e secretária de Esportes do Recife e desportista olímpica do pentatlo moderno, Yane Marques.

Vereador que estava preso volta a Câmara em Garanhuns

Vereador Marinho da Estiva estava afastado (Foto: Reprodução/TV Asa Branca)

O vereador Marinho da Estiva (PHS) retornou na manhã desta segunda-feira (14) à Câmara de Vereadores de Garanhuns de onde estava afastado há três meses. Ele foi preso em maio deste ano quando estava em uma sessão por ser um dos investigados da operação Sem Fronteiras.

A operação apontou uma suspeita de organização criminosa que praticaria assaltos e roubos de cargas em Pernambuco e Alagoas. Na época, a polícia disse que o vereador seria responsável por armazenar e negociar produtos roubados pelo grupo.

Mario foi solto na última sexta-feira (11) e nesta segunda (14) participou de uma coletiva de imprensa e falou sobre os 94 dias em que esteve na prisão, em Alagoas, e também sobre como deve ser o retorno à câmara. O advogado de defesa disse que a inocência do parlamentar será comprovada.

Do G1 Caruaru

Bezerra Coelho fala pela primeira vez que seu grupo político pode ter candidato ao governo estadual

Fernando Bezerra visitou os municípios de Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Cabrobó. Fotos: divulgação

Em visita a municípios do Sertão do São Francisco, seu principal reduto eleitoral, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) expôs, pela primeira vez, a possibilidade de seu grupo político lançar um candidato ao governo do estado em 2018. Em entrevista a rádios e blogs da região sertaneja, ele disse que Pernambuco hoje vive um clima de “mudança” semelhante ao de 2006, quando Jarbas Vasconcelos (PMDB) estava no poder há oito anos e a oposição venceu a disputa estadual, emplacando Eduardo Campos (PSB) para o Palácio das Princesas. Fernando Bezerra visitou os municípios de Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Cabrobó. “Não tem nada decidido, claro que existem outros nomes, mas a gente caminha para apresentar um nome do nosso grupo político e eu estou muito animado”, confessou, mas sem cravar nomes.

Em Lagoa Grande, onde foi recebido pelos ex-prefeitos Robson Amorim e Dhoni Amorim, ambos do PSB, Fernando Bezerra admitiu que tem ouvido queixas sobre o governo de Paulo Câmara (PSB). Os dois informaram ao senador, inclusive, que estão dispostos a mudar de legenda, caso ele saia do PSB. “O momento político que nós estamos vivendo aqui no estado é muito parecido com 2006. Em 2006, você tinha oito anos de governo do PMDB, havia um sentimento de mudança. Em Pernambuco, você começa a ver uma série de críticas em relação à atua administração e tem, portanto, um clima de mudança que é possível ser identificado não só conversando com a população, mas, sobretudo, nas pesquisas que estão sendo feitas”.

Ao longo da semana, as viagens de Fernando Bezerra também vão se estender ao sertão do Araripe e ao Sertão Central. Oficialmente, ele está ouvindo demandas dos prefeitos, recolhendo sugestões e prestando contas de seu mandato. As conversas realizadas pelo senador, ontem, incluíram lideranças políticas do PSB, PT e PTB, sendo que os dois últimos partidos estão em campos opostos ao do senador, que deve se filiar ao Mude, novo nome cogitado para o Democratas.

Embora Fernando Bezerra não tenha descartado a hipótese de continuar no PSB, os aliados dão como certa a saída dele e do seu grupo político do partido. Já há três deputados federais, por exemplo, que podem seguir o caminho a ser escolhido pelo senador. Bezerra Coelho, no momento, está trabalhando com a possibilidade de emplacar o nome do seu filho, o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, como candidato. Mas ele mesmo pode ser o candidato.

Gonzaga Patriota - Filiado ao PSB e também com reduto eleitoral em Petrolina, Gonzaga Patriota tem cogitado sair do PSB, segundo informações de bastidores, bem como João Fernando Coutinho e Marinaldo Rosendo. Patriota não faz parte do grupo de Fernando Bezerra Coelho - por muito tempo, inclusive, foram adversários políticos. Sendo que, desde que Miguel Coelho ganhou a eleição para prefeito de Petrolina, Gonzaga tem se aproximado do prefeito e vestido camisa azul, cor usada na campanha de Miguel Coelho. No interior, uma cor de camisa tem um efeito simbólico sobre as pessoas porque as identifica como sendo de um lado ou de outro. Dificilmente Gonzaga se filiaria ao DEM, partido que deve abrigar a família Coelho, mas o nome do DEM será mudado nesse processo de reforma política. Gonzaga estuda opções partidárias, mas não tomou nenhuma decisão.

Quem está articulando a mudança partidária dos Coelho é o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Maia tem conversado frequentemente com a família Coelho, que passou a ter muita força política no Sertão. O presidente da Câmara chegou a prestigiar o casamento de Miguel Coelho no mês passado. Na época, Maia estava como presidente interino do Brasil.

Diario de Pernambuco

Mulher morre durante gravações do filme Deadpool 2

Acidente ocorreu na manhã desta segunda-feira, em Vancouver. Fotos: Fox Film/Divulgação e Twitter/Reprodução

Uma dublê morreu, na manhã desta segunda-feira (14), em um acidente de moto durante as gravações do filme Deadpool 2, em Vancouver, no Canadá. Segundo a imprensa internacional, a mulher, que ainda não teve a identidade divulgada, se chocou com a janela da Shaw Tower, no centro de Vancouver, enquanto filmava uma sequência para o longa-metragem protagonizado por Ryan Reynolds.

"A polícia de Vancouver confirma que uma dublê de piloto morreu no set de Deadpool durante uma cena numa motocicleta", disseram os oficiais em nota divulgada nas redes sociais. Segundo o jornal The sun, testemunhas afirmaram que a mulher aparentou "perder o controle" da moto antes de se dirigir ao Jack Poole Plaza, onde se localiza o edifício.

"As pessoas estavam correndo na calçada, a motocicleta veio voando do outro lado da rua, parecia vir de uma rampa porque estava no ar", comentou um transeunte. Ainda segundo a publicação, detetives se encontram no local para investigar o ocorrido. Ao Entertainment weekly, testemunhas disseram ver uma mulher caracterizada como a mutante Dominó, personagem da atriz Zazie Beetz na produção, dirigindo uma motocicleta preta na área dias antes. 

Lei determina que crianças recebam pulseiras de identificação em eventos

Resultado de imagem para crianças receberao pulseiras de identificaçao em eventos

Uma lei pretende obrigar organizadores de grandes eventos públicos a fornecer gratuitamente pulseiras para crianças de até 12 anos. Não é por menos, já que 126 crianças desapareceram no primeiro semestre deste ano em Pernambuco, em situações diversas e, muitas vezes, a questão ocorre em grandes eventos. Doze delas nunca foram encontradas, de acordo com a Delegacia de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA). O problema é que, sem regulamentação pelo executivo, não fica definida como deve ocorrer o fornecimento na prática e as prefeituras ainda estão estudando como cumprir a lei. A definição não ocorreu ainda, mesmo com a lei em vigor desde fevereiro.

Segundo o deputado estadual Álvaro Porto, autor da norma, ela deve garantir a integridade das crianças. “Muitas vezes noticia-se o desaparecimento em eventos. Nosso interesse é evitar que isso aconteça.” A ideia é disponibilizar braceletes em lugares com pelo menos 150 pessoas.

A pulseira deve trazer o nome da criança e dos responsáveis, além do número de telefone para contato. Deverão ser produzidas em material hipoalergênico, resistente a água e inviolável, sendo impossível uma reutilização. O custo e a dificuldade do projeto atrasam o executivo.

Presidente da Compesa descarta privatização em audiência na Alepe

O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, negou a possibilidade de privatização da empresa pelo Governo do Estado. A declaração foi dada em audiência pública realizada na Assembleia Legislativa, nesta segunda (14), no âmbito da Comissão de Desenvolvimento Econômico. O gestor defendeu que a estatal continue fazendo parcerias com a iniciativa privada para expandir o saneamento básico no Interior, nos moldes do Programa Cidade Saneada, implantado na Região Metropolitana do Recife (RMR).

“Não podemos demonizar o capital privado, mas, sem controle estatal, esse investimento pode buscar apenas o lucro pelo lucro, sem contrapartidas sociais”, afirmou Tavares. Para o presidente da Compesa, as parcerias são necessárias para antecipar para a população os benefícios da expansão da cobertura do saneamento básico e do abastecimento de água. “Não podemos esperar o dinheiro do Orçamento da União, que depende de uma recuperação econômica que pode demorar dez, quinze ou mesmo vinte anos”, argumentou.

A audiência pública foi convocada por solicitação da deputada Teresa Leitão (PT), atendendo a pedido do Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco (Sindurb). “A criação de um fundo de parcerias com empresas privadas gerido pelo Governo Federal e a adesão da Compesa a esse mecanismo criou muitas dúvidas sobre a gestão da água no Brasil”, explicou a petista, citando o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).  “A afirmação que a Compesa não vai ser privatizada é muito boa, mas desse discurso deve vir alguma ação”, cobrou.

TCE suspende contratação de empresa para montagem de festa em Itacuruba

O conselheiro Ranilson Ramos determinou nesta segunda-feira (14) à Prefeitura de Itacuruba, em caráter liminar, que suspenda todos os atos decorrentes do Pregão Presencial nº 031/2016, cujo objeto é a contratação de empresa para montagem da estrutura de palco e som visando à realização da Festa do Sagrado Coração de 20 a 27 deste mês de agosto. O prazo para o recebimento das propostas se encerra nesta terça-feira (15) e o prefeito Bernardo de Moura Ferraz já foi notificado pelo TCE para apresentar suas contrarrazões.

A Medida Cautelar determinando a suspensão do Pregão originou-se de uma auditoria de acompanhamento realizada pelos técnicos da Inspetoria de Petrolina. Eles constataram, “in loco”, recolhimento e repasses previdenciários em atraso, inadimplência de folhas de pagamento dos servidores públicos municipais, contratação de despesas não essenciais, comprometendo o equilíbrio das contas públicas, e a divulgação de material publicitário contendo o nome de autoridades.

AGRAVAMENTO - Caso o município venha executar o contrato decorrente do Pregão e contratar profissionais do setor artístico - entre eles Gabriel Diniz, Dorgival Dantas e Luan Estilizado -, diz o relatório de auditoria, agravará mais ainda a situação dos servidores, que estão com vários meses de salário em atraso, bem como o desequilíbrio previdenciário decorrente do não recolhimento das contribuições patronal e dos funcionários.

EMERGÊNCIA – Influenciou também a decisão do conselheiro Ranilson Ramos o fato de o município encontrar-se em “situação de emergência”, em razão da seca, decorrente do Decreto Estadual nº 44.278/2017.

Segundo ele, em situações de fiscalização de gastos públicos, o TCE tem atuado, de forma preventiva, paralisando ato ou contrato administrativo que atente contra os princípios constitucionais da Administração Pública. Frisou que soa “irrazoável” a contratação de artistas para a realização do evento festivo no momento em que o município não está em dia com a folha de pagamento nem com suas obrigações previdenciárias.

“Ressalvo que a Medida ora exarada não fere os princípios da ampla defesa e do contraditório, os quais serão devidamente oportunizados ao gestor”, diz a Cautelar do conselheiro.

Esta é a segunda vez nos últimos 15 dias que o TCE determina a suspensão de eventos festivos pelo fato de a prefeitura não estar em dia com suas obrigações perante os servidores. A primeira foi São Lourenço da Mata, cuja festa do padroeiro, São Lourenço, tinha um orçamento não compatível, segundo o conselheiro Dirceu Rodolfo, com a saúde fiscal do município.

A Medida Cautelar será enviada posteriormente à Primeira Câmara do TCE para ser referendada.

Pernambuco adere ao Protocolo de Investigação de Feminicídio

Resultado de imagem para femicidio

Ocupando a 17ª posição no ranking nacional de violência contra a mulher, em taxas de homicídio, segundo o Atlas da Violência 2017, Pernambuco vai aderir ao Protocolo de Investigação de Feminicídio.

Com a medida, o estado se antecipa para implementar as diretrizes e seguir o Modelo de Protocolo Latino-Americano de Investigação de Mortes Violentas  de Mulheres por Razões  de Gênero. O início do processo de adesão acontece nesta segunda-feira, durate o Seminário "Onze anos da Lei Maria da Penha: Da Lei ao Protocolo de Feminicídio. O evento acontece às 14h, no auditório Banco do Brasil, na Avenida Rio Branco e faz parte das ações da Secretaria da Mulher de Pernambuco em comemoração ao aniversário da Lei 11.340/2006.

Apesar da lei de feminicídio (13.104) existir desde 2015, em Pernambuco a Polícia Civil ainda não registra ocorrências com o subtítulo feminicídio, o que dificulta o controle de dados sobre o crime e a implementação de políticas públicas.

Motorista e paciente morrem após ambulância bater em caminhão na BR-423 em PE

Acidente aconteceu na cidade de São Caetano (Foto: Divulgação/PRF)

Duas pessoas morreram na noite deste sábado (12) em um acidente na BR-423 em São Caetano, no Agreste de Pernambuco, após uma ambulância bater em um caminhão. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas eram o motorista, de 45 anos, e o paciente da ambulância, de 68 anos, que estava sendo transferido de Garanhuns para Recife.

Ainda de acordo com a PRF, o caminhão teve um problema mecânico e o motorista decidiu parar na pista de rolamento. Ele decidiu dormir no veículo e não sinalizou o local. A ambulância bateu na traseira do caminhão. Mais duas pessoas que estavam na ambulância ficaram feridas e foram socorridas em estado grave para o Hospital Regional do Agreste, em Caruaru.

Segundo a PRF, mesmo com o impacto do acidente, o motorista do caminhão continuou dormindo. Ele passou pelo teste do bafômetro que registrou 0.63 mg/l, foi preso e levado para a delegacia em Belo Jardim. O veículo foi recolhido por diversas infrações de trânsito. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Do G1 Caruaru

Derrotado em 2006, Geraldo Alckmin diz querer 'tira-teima' com Lula

Resultado de imagem para alckmin e lula

Em uma clara reação à movimentação em campo aberto do prefeito João Doria para se cacifar como candidato a presidente da República nas eleições de 2018, o governador Geraldo Alckmin disse que “não seria ruim fazer um tira-teima contra Lula em 2018”. Em 2006, O tucano enfrentou o petista na disputa presidencial, mas foi derrotado no segundo turno. A declaração do governador foi feita em um encontro suprapartidário na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, organizado pelo Instituto Teotônio Vilela, braço teórico do PSDB, e que reuniu também líderes do PP e PMDB do estado.

No evento, o governador fez um discurso que, em alguns momentos, parecia endereçado ao prefeito de São Paulo. Além de citar o desejo de um “tira-teima de 2006”, Alckmin fez questão de se posicionar de forma conciliadora: “Vejo aqui a civilidade que a política deve ter. Política não é campo de boxe”. A fala foi interpretada como uma oposição aos ataques que Doria tem feito aos seus adversários políticos. No mês passado, em um evento realizado em São Bernardo, o prefeito se referiu ao ex-presidente Lula como “mentiroso” e “sem-vergonha” e chamou a presidente cassada Dilma Rousseff de “anta”.

Ainda mais poder ao Parlamento brasileiro

O deputado Roberto Freire (PPS) é um dos principais defensores do novo sistema na Câmara. Foto: Alexandra Martins/ Câmara dos Deputados

Diante da crise política instalada no país, parlamentares tentam reacender um modelo de governo que empodera, ainda mais, o Congresso. O parlamentarismo, sistema rejeitado pela população em plebiscitos duas vezes, entra na pauta da reforma política, até então focada em mudar apenas o processo eleitoral. Na opinião de especialistas, o modelo é funcional e até poderia ser melhor, mas mudá-lo em um momento de tanta instabilidade e descrença política seria antidemocrático e oportunista.

No parlamentarismo, quem toma as decisões é a maioria do Legislativo e o Executivo serve como apoio. Um dos maiores defensores da causa é o presidente do PPS, deputado Roberto Freire (SP), que tem conversado com líderes de outras legendas para tentar emplacar a mudança no sistema. “É sempre um bom momento para evoluir. O parlamentarismo é sempre governo de maioria. Quando essa maioria acaba, o governo cai. É mais democrático e evoluído. Precisamos criar condições para que não passemos mais por uma crise como a que estamos vivendo agora.” Freire conta com o apoio, principalmente do PSDB, que tem na origem a defesa ao parlamentarismo.

Projeto de lei prevê a tipificação de crimes cometidos com armas brancas

Resultado de imagem para portar arma branca

O Código Penal brasileiro não tipifica como crime o porte de arma branca. Mas o Congresso Nacional está prestes a mudar tal condição. Na próxima quarta-feira (16), a Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ) do Senado analisará um projeto de lei que prevê punições em caso de porte do artefato. Segundo a proposta, quando facas e objetos cortantes forem utilizados para fins criminosos, o período de reclusão do detido deve variar de um a três anos.

Segundo o 10º Anuário Brasileiro de segurança Pública, em 2014, a consumação de 12.102 crimes deu-se com o uso de arma branca. Inclusive, os estados de Tocantins e Roraima registraram mais mortes por facas e outros objetos cortantes do que por armas de fogo. Ainda assim, para especialistas, a criminalização do porte do artefato deve ser analisada com cautela.

O projeto de lei apresentado pelo senador Raimundo Lira (PMDB-PB), em 2015, tipifica como crime o “porte de artefato perfurante, cortante ou contundente, com vistas à prática de crime”. O texto destaca, ainda, que o porte desses objetos para o uso em arte ou finalidades para as quais foi fabricado é lícita. Até o momento, a única emenda sugerida diminui o período de reclusão para de um a seis meses.

Inibição

Para o idealizador da proposta, a intenção é endurecer o Código Penal e, assim, inibir os crimes com armas brancas. “Com a previsão, o uso de arma branca pode ser utilizado para elevar as penas. É uma tentativa para intimidar o criminoso.”

Romero Jucá informa ao presidente do TSE que PMDB suspendeu seis deputados por desobediência partidária; dentre eles, Jarbas Vasconcelos

Resultado de imagem para jarbas vasconcelos

O presidente do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), senador Romero Jucá (RR), enviou ofício ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, no qual comunica a decisão de suspensão da atividade partidária em todos os níveis, e também de eventuais funções de direção partidária, por 60 dias, dos deputados federais Veneziano Vital do Rego (PB), Celso Pansera (RJ), Laura Carneiro (RJ), Sérgio Zveiter (RJ), Jarbas Vasconcelos (PE) e Vitor Valim (CE).

No ofício, o senador esclarece que a Comissão da Executiva Nacional do PMDB decidiu, por unanimidade, em reunião no dia 12 de julho passado, aprovar proposta da bancada do partido na Câmara dos Deputados pelo fechamento de questão contra a denúncia por crime do Ministério Público Federal (MPF) contra o presidente da República, Michel Temer, e contra o parecer do deputado Sérgio Zveiter na questão, por falta de “fundamentação hábil e proporcionalidade”.

Romero Jucá lembra que, na mesma reunião, a Executiva Nacional decidiu liminarmente pela suspensão das atividades partidárias e também eventuais funções diretivas partidárias do parlamentar que não seguir a orientação do fechamento de questão, por 60 dias, contados do ato que configurar a desobediência.

O presidente do PMDB ressaltou que o partido tem, como princípios básicos, a admissão de divergências entre seus membros e a existência de correntes de opinião, “desde que não ponham em risco a sua unidade, estrutura e sobrevivência”. Jucá ainda afirma que existe, no país, um sistema político pluripartidário, “não havendo qualquer obrigação para que determinado filiado permaneça nos quadros dos respectivos partidos políticos”.

Pesqueira: PM morre após se acidentar com arma de fogo

Resultado de imagem para pmpeO policial militar Jackismar Siqueira Souto se feriu na região do tórax pouco após assumir o serviço na 8ª Companhia Independente (CIPM) de Pesqueira na manhã deste sábado (12). Poucas horas depois, ele faleceu em hospital em Arcoverde.

Segundo a Polícia Militar, o acidente aconteceu dentro do alojamento do CIPM. Quando foi encontrado, pouco depois do disparo, Jackismar estava consciente e informou que a arma disparou quando ele a retirou da bolsa. Ele foi socorrido rapidamente, mas não resistiu.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Link´s Para Rádio Web

Android / iOS / Windows Phone

         

Publicidade