Recife: Motorista do acidente na Tamarineira deve seguir para juri popular e pode pegar até 70 anos de prisão

Resultado de imagem para acidente na tamarineira

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) tem um prazo de cinco dias para oferecimento da denúncia junto ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) contra o estudante João Victor Ribeiro de Oliveira Leal, de 26 anos, indiciado por triplo homicídio doloso e dupla lesão corporal grave no inquérito sobre o crime de trânsito ocorrido no dia 26 de novembro, no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife. Ao final, o processo deve seguir para júri popular. Os crimes preveem pena máxima de 70 anos.