Câmara rejeita título de cidadão olindense a Fernando Filho

Resultado de imagem para fernando filho ministro

Um projeto que concedia o título de cidadão olindense ao ministro de Minas e Energia, Fernando Filho (PSB), foi rejeitado pela Câmara de Vereadores do município. O auxiliar do presidente Michel Temer (PMDB) vem encabeçando a proposta de privatização da Eletrobras e subsidiárias, a exemplo da Chesf. O posicionamento do ministro vem sendo alvo de críticas de parlamentares a nível estadual e federal.

De acordo com o presidente da Câmara, vereador Jorge Federal (PR), a proposta de conceder foi retirada de pauta, mas deve ser colocada novamente. "Só tinham 14 vereadores e precisava de 12 votos. Então, foram colhidos os 14 votos, que foi dez contra quatro. Mas ainda há três vereadores que se predispõem a votar o projeto voltando à pauta", explicou.

De acordo com Federal, os vereadores devem esperar a LDO para votar novamente a proposta. "A LDO chegou e tem uma prioridade maior por conta do prazo. Logo que for votada a LDO a gente coloca isso novamente", disse.