Deputado Zé Maurício destaca lei que torna a capoeira patrimônio imaterial do Estado

A Lei Estadual n° 16.445/2018, que institui a capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco, foi tema do pronunciamento do deputado Zé Maurício (PP) na Reunião Plenária desta terça (6). Autor do projeto que deu origem à norma, ele destacou o potencial educativo e o papel social da manifestação popular.

“É uma prática pluriétnica que desequilibra a balança da desigualdade social e nos faz pensar criticamente outros paradigmas sociais”, afirmou o progressista, que aproveitou a oportunidade para agradecer a “sensibilidade do governador Paulo Câmara”. O chefe do Executivo sancionou a lei, na última semana, em cerimônia no Palácio Campos das Princesas.  

O parlamentar ressaltou, também, a “íntima relação” da capoeira com o surgimento de outro bem imaterial de Pernambuco, o frevo. “Nosso sonho é que a capoeira possa ter o mesmo reconhecimento, do Estado e da sociedade, que outros bens imateriais já possuem. O próprio frevo conta com um espaço público de promoção cultural”, afirmou, citando o Paço do Frevo, espaço cultural instalado no Recife.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE