"Fiz o que qualquer um faria", diz homem que matou jogador Daniel

Daniel teve a cabeça parcialmente degolada e o pênis arrancado no crime (Foto: Divulgação)

O comerciante Edison Brittes, apontado pelo Polícia como autor do assassinato do meia Daniel, fez um vídeo divulgado portal "Massa News", de Curitiba, para se defender das acusações. Ele diz que o ex-jogador tentava estuprar sua mulher, Cristina Brittes, quando chegou em casa. De acordo com as investigações, Daniel foi espancado, parcialmente degolado e teve o pênis decepado.

"Ele tinha entrado no quarto, tirado a roupa e trancado a porta. Quando eu arrombei a porta, ele estava em cima da minha esposa, e ela pedindo socorro. O que eu fiz, foi o que qualquer homem faria, porque pra mim aquela não era minha esposa e sim todas as mulheres do Brasil", afirmou Edison no vídeo.

O comerciante garante ainda que nem sua mulher, nem sua filha haviam se relacionado de alguma forma com Daniel. "Boatos sempre acontecem, mas a verdade vai vir à tona. Eu tirei ele de cima da mulher e evitei que aquele monstro fizesse algo com ela", disse.

Preso nesta quinta-feira (1°), Edison Brittes, de 38 anos, confessou ter assassinado o jogador Daniel, no último sábado. Sua esposa e filha também foram detidas para averiguações. A Polícia Civil ainda busca mais três suspeitos do crime, de acordo com o delegado Amadeu Trevisan, da Delegacia de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, onde ocorreu o homicídio.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE