Filho de Bolsonaro terá que responder denúncia de ameaça a jornalista

foto: Reprodução/Facebook/Twitter (foto: Reprodução/Facebook/Twitter)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, e reeleito este ano com a maior votação da história da Câmara, foi notificado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na última terça-feira para responder à denúncia de ameaça de uma jornalista.

Patrícia Lélis, que também foi candidata este ano ao cargo de deputada federal, pelo PROS, mas não foi eleita, ficou conhecida por acusar, em 2016, o deputado e pastor Marcos Feliciano de estupro, quando virou ré por falsa comunicação de crime. Dessa vez, ela acusou Eduardo Bolsonaro de ter ameaçado ela de morte por meio de um aplicativo de celular. Na versão dela, a desavença começou quando ela revelou o relacionamento que eles tiveram quando ela trabalhava no antigo partido do deputado, o PSC (Partido Social Cristão).

"Foram 3 anos e 8 meses em um relacionamento abusivo. Eu estou percebendo que tudo na vida evolui, menos você", escreveu a jornalista em uma rede social. Eduardo chegou a gravar um vídeo negando o relacionamento. Em seguida, a jornalista publicou fotos da conversa que teria tido com o deputado por meio de um aplicativo, onde ele a ameaça de morte.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE