Capoeira se torna Patrimônio Cultural e Imaterial de Pernambuco

Herança histórica, gestual, musical e ritualística. A capoeira recebeu, nessa quarta-feira, o título de Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado. A proposta, de autoria do deputado estadual Zé Maurício (PP), foi assinada pelo governador Paulo Câmara.  Os mestres e contra-mestres de capoeira Coca Cola, Galvão, Peu, Macarrão, Dedê, Chê, Melodia e Toupeira e o professor Cajueiro receberam o título em solenidade no Palácio do Campo das Princesas, que contou também com a presença de André Campos, secretário da Casa Civil de Pernambuco, Professora Tereza, presidente do Conselho Estadual de Cultura e Severino Cavalcanti, ex-presidente da Câmara dos Deputados.

Na ocasião, o governador aproveitou para anunciar que irá levar a capoeira para as escolas públicas. Para além de expressão cultural, a capoeira contribui para humanizar relações através de conhecimentos ancestrais de opressão por diferentes tipos de violência. Em 2008, a capoeira foi reconhecida pelo IPHAN como Patrimônio Imaterial do Brasil, e em 2014, como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE