Polícia prende homem que estuprou duas mulheres em banheiro de boate em Belo Jardim

Polícia Civil divulgou detalhes da operação nesta quarta-feira
Foto: Polícia Civil / Divulgação

A Polícia Civil de Pernambuco apresentou nesta quarta-feira (4) o resultado de uma investigação que identificou o autor de dois estupros ocorridos no banheiro de uma casa noturna, em maio deste ano, no município de Belo Jardim. José Natálicio da Silva, 33 anos, conhecido como Talino, foi autuado por além de abusar sexualmente de duas mulheres, assaltar as vítimas. Segundo a Polícia, ele já responde por outro crime de estupro e atentado violento ao pudor praticado em 2003, na cidade de Pesqueira, também município do Agreste. Natalício havia sido condenado e ficou preso no Presídio de Canhotinho, quando em 2006, fugiu. Em 2007, em São Paulo, ele cometeu crime de tráfico de drogas, roubo e homicídio contra um policial militar, quando foi condenado a 15 anos de prisão. Ele cumpriu 11 anos de detenção, deixando a prisão em fevereiro deste ano.

Natalício foi preso nesta terça-feira (3), na casa da atual companheira, em Belo Jardim. "Ele reagiu a prisão, não se entregou, não quis abrir a porta, depois tentou fugir pulando o muro, mas como havia mais policiais do lado de fora, conseguimos detê-lo", contou o delegado de Belo Jardim, João Carlos Oliveira. O acusado foi encaminhado no final da tarde desta terça para o Presídio de Pesqueira. Agora, Natalício pode cumprir penas que vão de 4 a 10 anos pelo crime de roubo e, pelo crime de estupro, de 6 a 10 anos de reclusão. "Considerando que ele cometeu dois estupros, as penas serão somadas, e podem chegar a 15 anos", acrescentou.

No dia 5 de maio, usando uma faca, ele abordou as vítimas na porta do banheiro da casa noturna e obrigou as duas mulheres a se trancarem nos boxes do WC. Depois de estuprar a primeira vítima, ele estuprou a segunda. Uma das jovens foi obrigada a fazer sexo oral, enquanto a com a outra, ele praticou sexo anal. Por pouco, uma terceira mulher também não foi abusada. A jovem chegou a entrar no banheiro, mas desconfiou da movimentação estranha em um dos boxes e saiu correndo. Natalício teve sua imagem gravada pelo circuito interno de segurança da boate, que foi divulgado pela Polícia Civil. Na gravação, ele fica um bom tempo na porta do banheiro. Com a ajuda das imagens, os policiais conseguiram identificar o suspeito. "Logo no dia seguinte, o localizamos, mas ele acabou fugindo. Desde então, montamos estratégia para capturá-lo até que conseguimos ontem", disse o delegado.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE