Humberto acusa Temer e Parente de provocar a crise dos combustíveis

Senador Humberto Costa (PT)

O senador Humberto Costa (PT) acusou nesta segunda-feira (28) o presidente da República, Michel Temer, e o presidente da Petrobras, Pedro Parente, de favorecer os acionistas da estatal petrolífera e prejudicar os cidadãos com uma política de preços injusta. Ao avaliar que as reivindicações dos caminhoneiros em greve são justas, o senador lembrou que os combustíveis subiram muito acima da inflação nos últimos dois anos, situação que contrastou com o congelamento de 13 anos no preço do gás de cozinha sob os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Segundo Humberto Costa, a política da Petrobras, que impõe reajustes frequentes nos preços dos combustíveis, é desastrosa e torna imprevisíveis os custos dos usuários dos produtos. Ele denunciou ainda o sucateamento das unidades da estatal para fins de venda “a preço de banana”.

"O Brasil está fazendo a opção de exportar o petróleo bruto e importar derivados. Ao mesmo tempo em que os preços internos são altos, as refinarias estão ociosas. A política é absurda", observou.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE