Procurador-geral publica recomendação para orientar membros a fiscalizar atuação de prefeitos na cobranças de débitos de particulares com os municípios

Resultado de imagem para francisco dirceu barros

O procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, recomendou aos membros do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) que tomem as medidas adequadas para fiscalizar a inscrição em dívida ativa e cobrança, por parte dos prefeitos, de débitos imputados por decisões do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE).

De acordo com o texto da recomendação, publicada no Diário Oficial de 4 de maio, há um grande número de procedimentos instaurados para apurar a responsabilidade de prefeitos por supostas omissões em inscrever os débitos na dívida ativa do município e cobrar as pessoas físicas e jurídicas que devem ao poder público. Nesses casos, o promotor de Justiça poderá realizar diligências para investigar possíveis atos de improbidade administrativa, que podem ser alvo de atuação da Promotoria de Justiça local, e práticas criminosas, cuja responsabilização caberia à Procuradoria Geral em razão da prerrogativa de foro dos chefes do Executivo.

Assim, conforme a recomendação do procurador-geral, os membros do MPPE podem expedir notificações pessoais aos prefeitos a fim de que inscrevam na dívida ativa e executem judicialmente os débitos constantes nas certidões emitidas pelo TCE-PE. Após o encerramento do prazo fixado pelo membro, este poderá diligenciar no intuito de obter as certidões de inscrição na dívida ativa e da execução da cobrança.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE