Na audiência pública para debater CIP em Afogados, nenhum dos 13 vereadores comparece

Na noite desta terça (10) aconteceu na Câmara de Vereadores de Afogados da Ingazeira uma audiência pública para debater a cobrança da taxa de iluminação pública no município. A audiência foi idealizada pelo PSOL para discutir sobre a CONTRIBUIÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA (CIP), regras atuais, projeto de lei, código tributário, despesa com o consumo de energia pública e sua manutenção, ação judicial e valores arrecadados.

O advogado José Célio Júnior mostrou números sobre a arrecadação da CIP em Afogados e fez algumas comparações de municípios maiores que Afogados e que se é cobrado valores menores, a exemplo de Serra Talhada.

Algumas propostas foram tiradas, dentre elas, a redução da alíquota e rever a possibilidade de anular o último Decreto que reajustou o valor a ser cobrado. Também foi formada uma comissão para aprofundar as discussões junto aos setores responsáveis pela cobrança (Prefeitura e Celpe) e debater com os vereadores.

A parte negativa da audiência foi o não comparecimento de nenhum dos 13 vereadores, gerando revolta por parte dos que estavam presentes na Câmara. “Esses são os representantes do povo, que dizem que defendem o povo e numa hora como essa nenhum deles aparece”, disse um dos presentes. Também não estiveram presentes nenhum membro do MPPPE, nem da Celpe e Prefeitura.

Outro fato que chamou atenção foi a de que, a população, que é a parte mais interessada no caso, não se fez presente, apenas 25 pessoas compareceram para participar e contribuir com as discussões.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE