Após Manoel Jerônimo declarar apoio a João Campos, governador assina decreto de 2 milhões para Defensoria

Sem alarde, o governador Paulo Câmara assinou decreto abrindo no orçamento um crédito suplementar de 2 milhões de reais no orçamento da Defensoria.

O decreto 45822 foi assinado em 8 de abril. O decreto foi publicado no Diário Oficial.

“Bastou o defensor geral declarar apoio a candidatura de deputado de João Campos para a Defensoria receber esta verba”, criticam fontes, sob reserva.

Segundo fontes do Poder Executivo também sob reserva, o ato não representa recursos adicionais, mas apenas um remanejamento do orçamento já vigente da Defensoria.

Segundo o Blog do Jamildo, o ato foi publicado dias após o ex-defensor geral Manoel Jerônimo (PROS) declarar apoio ao pré-candidato a deputado federal João Campos (PSB), ex-chefe de gabinete do governador.

Manoel Jerônimo deixou o cargo de defensor geral semana passada, para ser candidato a deputado estadual pelo partido PROS.

Vai fazer “dobradinha” com o candidato a deputado federal João Campos (PSB), filho do ex-governador Eduardo Campos.

Recentemente, Manoel Jerônimo entregou ao próprio João Campos a “Comenda Eduardo Campos”, honraria da Defensoria, colocando João Campos para discursar na cerimônia, representando todos os homenageados.

Deputados estaduais atuais, da base do governo, têm reclamado nos bastidores da “voracidade” da campanha do defensor geral.

Alguns tem reclamado até de “roubo” de bases eleitorais junto à Igreja Católica, por parte de Manoel.

Na Defensoria, o pré-candidato também tem sido criticado nos bastidores.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE