MPF em Serra Talhada abre seleção de estágio para estudantes de nível médio

Ilustração: Freepik

A partir das 8h desta quarta-feira (26), alunos do segundo e terceiro ano do ensino médio da rede pública de ensino interessados em participar do processo seletivo de estagiários para o Ministério Público Federal (MPF) em Serra Talhada poderão realizar a pré-inscrição, exclusivamente, pelo site da instituição. O prazo vai até as 17h do dia 15 de outubro. A bolsa de estágio é de R$ 590 mensais mais R$ 7 de auxílio-transporte por dia de atividade. A jornada é de 20 horas semanais.

As pré-inscrições deverão ser validadas no período de 17 a 26 de outubro, no horário das 9h às 16h, no MPF em Serra Talhada (rua Enock de Carvalho, nº 160, no bairro AABB, em Serra Talhada). Os candidatos deverão apresentar documento de identidade (original e cópia), CPF (original e cópia), ficha da pré-inscrição ou e-mail de confirmação impresso, além do certificado ou comprovante de matrícula (original e cópia).

Em relação aos estudantes que se declararem com deficiência, será necessário apresentar laudo médico expedido no prazo de 90 dias antes do término das inscrições. Quem for participar da seleção pelo sistema de cotas para minorias étnico-raciais deverá entregar declaração específica para essa opção (o modelo está no anexo III do edital). Durante a validação das inscrições, os candidatos serão convidados a doar 1kg de alimento não perecível. Os donativos serão entregues a entidades filantrópicas.

A seleção será feita por meio de prova objetiva, com questões de múltipla escolha, que será aplicada em 11 de novembro, das 8h às 12h (horário de Brasília), na sede do MPF em Serra Talhada. O resultado preliminar estará disponível até 24 de novembro, e o final, a partir de 4 de dezembro. Mais informações no edital.

TCE suspende reajuste concedido a servidores da Câmara Municipal do Recife

Resultado de imagem para camara do recife

A procuradora geral do Ministério Público de Contas, Germana Laureano, enviou uma Representação ao gabinete do conselheiro Dirceu Rodolfo sugerindo a expedição de uma Medida Cautelar para determinar à Câmara de Vereadores do Recife que não efetue o pagamento dos reajustes concedidos pela Lei Municipal nº 18.508/2018, bem como da gratificação de provimento em comissão de Apoio ao Sistema de Áudio (ASA) nela instituída, até ulterior deliberação do TCE. A Representação foi acolhida na última segunda-feira (24) e a Cautelar expedida no mesmo dia.

De acordo com a procuradora, a promulgação da mencionada Lei, aumentando a despesa com pessoal nos últimos 180 dias do mandato do presidente da Casa, afronta o Artigo 21, parágrafo único, da Lei de Responsabilidade Fiscal. Além disso, diz ela, os reajustes concedidos por força da Lei não consubstanciam “revisão geral da remuneração”, prevista no artigo 37, X, da Constituição Federal, porque tal “revisão” tem que ser de iniciativa exclusiva do chefe do Poder Executivo, de modo a recompor, de maneira linear, o poder aquisitivo dos servidores dos Poderes Legislativo e Executivo.

Não foi isso que tratou a mencionada Lei Ordinária Municipal porque a revisão anual da remuneração dos servidores deveria ter sido implementada tanto para os serventuários do Poder Executivo, quanto do Legislativo, afirma a procuradora em seu opinativo, frisando também ser este o entendimento dos Tribunais Superiores. Ela sustenta ainda que o projeto de lei foi de iniciativa da Comissão Executiva da Câmara Municipal, concedendo 6% de reajuste aos servidores, “equivalente ao dobro da inflação acumulada no exercício financeiro de 2017, que foi de apenas 2,95%”.

Não bastasse isso, afirma ainda Germana Laureano, o mesmo ato normativo criou a gratificação de provimento em comissão de “Apoio ao Sistema de Áudio” (ASA), símbolo EAC-II, integrante do Quadro de Pessoal Comissionado, reajustou o auxílio-saúde dos servidores e o valor do auxílio-alimentação dos vereadores em 15%, “percentual quase cinco vezes maior que a inflação acumulada no ano anterior, demonstrando, inequivocamente, não ter se tratado de revisão geral anual da remuneração”. Por esses motivos, o MPCO pede a nulidade do reajuste por afronta à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Evandro Carvalho é eleito novamente presidente da FPF e comandará entidade até 2022

Evandro comandará a FPF até 2022

Nesta terça (25), Evandro Carvalho foi reeleito presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), em cerimônia realizada na sede da entidade, na Boa Vista. Sem bate-chapa e apoiado por todos os clubes do estado, o atual mandatário continuará no posto para o quadriênio 2019/2022. Evandro ocupa o cargo desde agosto de 2011, após a morte do antigo chefe máximo do Executivo, Carlos Alberto Oliveira. Em 2014, ele também havia sido eleito por unanimidade.

“Será mais um desafio. Desde eu que entrei, já tivemos dois clubes na Série A, Salgueiro já jogou Série B e alavancamos a federação para o posto de melhor do Norte-Nordeste. Agora queremos colocar todos na Série A”, afirmou o presidente. Na aclamação, estavam presentes dirigentes das equipes do estado. Do Trio de Ferro, marcaram presença os presidentes de Náutico (Edno Melo) e Santa Cruz (Constantino Júnior). Do Sport, estava o CEO do clube, Fernando Halinsk.

Para conseguir o feito citado acima, o mandatário foi taxativo. “Futebol é negócio e precisamos de dinheiro. Nosso objetivo é levantar mais recursos para os nossos clubes, fazendo com que eles disputem de igual para igual com as equipes do eixo Sul-Sudeste. Conseguimos R$ 7 milhões extras no passado, mas sou perfeccionista e sei que poderia ter obtido mais. Podemos melhorar em tudo ainda”, completou.

Além de Evandro, foram definidos os vice-presidentes executivos. Pedro Lacerda continua como primeiro no posto, acompanhado agora do antigo diretor de competições da FPF, Murilo Falcão, e do ex-presidente do Náutico, Paulo Wanderley. Também foram escolhidos os membros titulares e suplentes do Conselho Fiscal da entidade.

Paulo Câmara segue na liderança em Pernambuco, aponta pesquisa Ipespe/Folha de Pernambuco

Nova pesquisa Ipespe

O governador Paulo Câmara (PSB) permanece na liderança das intenções de voto para o Governo do Estado, na terceira pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a Folha de Pernambuco. No levantamento feito entre os dias 22 e 23 desse mês, Paulo aparece com 36%, enquanto o segundo colocado, Armando Monteiro Neto (PTB), tem 26% das menções. Ambos oscilaram apenas um ponto percentual e mantiveram uma diferença de 10 pontos.

O ex-deputado federal Maurício Rands (Pros) e o ex-prefeito de Petrolina Julio Lossio aparecem empatados, com 2% cada. As candidatas Dani Portela (Psol), Simone Fontana (PSTU) e Ana Patrícia Alves (PCO) também apareceram empatadas, pontuando, cada uma, 1% das intenções de voto. Os votos nulos e brancos representam 22% dos entrevistados e os indecisos figuram em 9%. Em relação à última pesquisa, esses postulantes não tiveram variação do percentual de menções.

Usando uma metodologia face a face, o Ipespe ouviu 800 pessoas abordando critérios de sexo, idade, localidade, renda familiar, instrução e condição do município. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%, o que significa que a pesquisa tem uma probabilidade de 95% de representar a realidade. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo PE-04472/2018.

Acidente deixa três mulheres e uma criança mortas e 14 feridos na BR-428, em Petrolina

A colisão na BR-428 deixou quatro pessoas mortas e 14 feridas

Um acidente envolvendo três veículos deixou quatro pessoas mortas na BR-428, nas proximidades da Serra Santa, em Petrolina. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, as vítimas eram três mulheres e uma criança.

Segundo a PRF, uma van vinha de Orocó e foi atingida por um caminhão caçamba que vinha na contramão. Com o choque, a caçamba teria atravessado a pista e batido em uma pickup. Ainda de acordo com a PRF, o condutor da caçamba fugiu.

Pelo menos 14 pessoas ficaram feridas durante o acidente. Elas foram socorridas pelo SAMU e encaminhadas para o Hospital Universitário de Petrolina. De acordo com a assessoria, três pessoas estão em estado mais grave e sendo atendidas na ala vermelha.

Após se declarar contra Bolsonaro, Marília Mendonça é ameaçada e apaga vídeo

Foto:  Luis Nova/Esp CB/DA Press

Depois de aderir à campanha #EleNão, contra as propostas de governo do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), a cantora sertaneja Marília Mendonça deletou o vídeo onde rechaçava qualquer possibilidade de votar no deputado federal. Segundo a artista, ela apagou a postagem após ser alvo de ameaças feitas por bolsonaristas. As ofensas, diz a jovem, foram direcionadas à mãe e ao irmão dela.

Diversos artistas entraram na onda do #EleNão, hashtag utilizada por milhares de pessoas que se negam a votar no candidato carioca, polêmico por usar discursos considerados machistas, racistas e homofóbicos. Em sua conta no Instagram, Marília fez um desabafo, com uma foto onde aparece com a família. "Deixo aqui, o meu pedido de desculpas à todas as mulheres que acreditei estar defendendo naquele momento. Deixo aqui o meu pedido de desculpas à todos os homens, por em um instante de loucura acreditar que uma opinião não feriria já vocês", escreveu.

Estado terá 16 novas escolas de tempo integral; Flores na lista

Resultado de imagem para escola tempo integral pernambuco

Pernambuco terá mais 16 escolas de tempo integral. O anúncio foi feito ontem pela Secretaria de Educação. Com as novas unidades, a rede estadual de ensino contará com 400 escolas desta modalidade, contando as escolas de referência e as escolas técnicas. A educação integral se tornou política pública pernambucana em 2008.

Sete das 16 novas escolas integrais ficam na Região Metropolitana do Recife, devendo o município de Paulista ter duas. Recife, Jaboatão dos Guararapes, Igarassu e Cabo de Santo Agostinho terão uma escola cada. Quatro unidades serão no Agreste, quatro no Sertão e uma na Mata Norte, onde a cidade de Vicência foi a única contemplada da região.

Das 16 escolas de tempo integral, três unidades terão dupla jornada para turmas do Ensino Médio. Somadas as existentes desta modalidade, o estado contará com nove unidades. As três ficam na Região Metropolitana, sendo uma no Recife e as outras em Paulista e Igarassu. Nelas, as turmas serão divididas em dois horários. Algumas estudarão das 7h às 14h, enquanto as demais das 14h30 às 20h40.

Novas escolas

Tempo Integral

Escola Assis Chateaubriand - Recife
Escola Frei Romeu Perea - Jaboatão dos Guararapes
Escola Professor Estevão Pinto - Olinda
Escola Dr. Luiz Cabral de Melo - Paulista
Escola Dantas Barreto - Paulista
Escola Santos Cosme e Damião - Igarassu
Escola Desembargador Antônio da Silva Guimarães - Cabo de Santo Agostinho
Escola Dr. Joaquim Correia - Vicência
Escola Estadual Eurico Queiroz - Bezerros
Escola Ginásio de Limoeiro Arthur Correia de Oliveira - Limoeiro
Escola Técnica Estadual Francisco de Matos Sobrinho - Bom Conselho
Escola Nossa Senhora Auxiliadora - João Alfredo
Escola Dário Gomes de Lima - Flores
Escola Alípio Lustosa - Belém de São Francisco
Escola Anízio Rodrigues Coelho - Araripina
Escola Icó Mandantes - Petrolândia

Tempo integral em dois turnos (Ensino Médio)

Escola Assis Chateaubriand - Recife
Escola Dantas Barreto - Paulista
Escola Santos Cosme e Damião - Igarassu

Tempo integral em dois turnos (Ensinos Fundamental e Médio)

Escola Ginásio de Limoeiro Arthur Correia de Oliveira - Limoeiro
Escola Dário Gomes de Lima – Flores
Escola Alípio Lustosa - Belém de São Francisco
Escola Icó Mandantes - Petrolândia

Lei da Ficha Limpa retira 174 candidatos das eleições de outubro

Resultado de imagem para lei da ficha limpa

Dos 29.101 candidatos que pediram registro, a Justiça Eleitoral rejeitou 1.849, o que representa 6,35% do total. Segundo dados disponíveis no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 174 candidatos foram julgados inaptos por causa da Lei da Ficha Limpa, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que disputaria o Palácio do Planalto pelo PT.

A falta de requisitos para registro - como a não comprovação de pleno exercício dos direitos políticos, alistamento eleitoral e filiação partidária - foi o principal motivo para indeferimento de candidaturas – 75,47% do total de pedidos. Treze candidatos foram considerados inaptos a disputar as eleições por abuso de poder e outros cinco por gasto ilícito de recursos.

A Justiça Eleitoral confirmou 27.252 candidaturas, um crescimento de 11,24% em relação a 2014, quando 26.162 disputaram as eleições gerais – presidente, governador, senador, deputado federal, estadual e distrital. Até agora, 682 candidatos renunciaram e três morreram.

Presidente da Câmara de Timbaúba deve se afastar do cargo efetivo que ocupa, diz o TCE

Resultado de imagem para tce pe

O conselheiro substituto Luiz Arcoverde Cavalcanti Filho enviou um “Alerta de Responsabilização” ao presidente da Câmara Municipal de Timbaúba, Josinaldo Barbosa de Araújo, acerca da impossibilidade de acumulação remunerada do cargo de presidente com o cargo efetivo de Auxiliar Legislativo, podendo resultar em sanções e imputação de débito por valores indevidamente percebidos quando do exame de sua prestação de contas.

O conselheiro informa ainda em seu ofício que o Ministério Público de Contas (MPCO) acompanhará o cumprimento deste “Alerta”, que foi embasado em parecer emitido pela procuradora geral do MPCO, Germana Cavalcanti Laureano.

Por meio de despacho encaminhado ao gabinete do conselheiro, que é o relator das contas da Câmara Municipal de Timbaúba do exercício financeiro de 2018, a procuradora afirma que o processo se originou de uma denúncia formulada por Lusivan José Suna de Menezes acerca da suposta falta de transparência na Câmara de Vereadores. Ele fez um requerimento ao presidente solicitando informações sobre o número de funcionários efetivos e contratados daquela Casa, incluindo remuneração, o qual não teria sido respondido adequadamente.

PORTAL - O presidente respondeu que as informações solicitadas constavam do Portal da Transparência e sobre o fato de ter vínculo efetivo com a Câmara, invocou o artigo da Constituição que lhe asseguraria o direito de acumular o cargo com o de vereador, recebendo os dois salários, desde que haja compatibilidade de horário.

O Ministério Público de Contas constatou que as informações solicitadas pelo denunciante estão, de fato, disponibilizadas no Portal da Transparência, tais com relação de servidores efetivos e contratados, cargos ocupados por cada um, data de admissão e respectivas remunerações.

Falta apenas o setor de lotação de cada qual, bem como o quantitativo de cargos existentes na estrutura do Poder Legislativo Municipal, “falha que pode ser sanada com a expedição de recomendação para que a Presidência da Casa complemente as informações a fim de robustecer a transparência de que já dispõe”, diz a procuradora do MPCO.

Comissão da Alepe critica paródia pró-Bolsonaro: ‘não há lugar para manifestações políticas machistas’

Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) criticou em nota divulgada nesta segunda-feira (24) a paródia da música Baile de Favela reproduzida em um trio elétrico que estava na ‘Marcha da Família com Bolsonaro’, evento a favor do presidenciável do PSL nesse domingo (23). A música afirma: “dou pra CUT pão com mortadela/E pras feministas, ração na tigela/As mina de direita, são as top mais bela/Enquanto as de esquerda têm mais pelo que cadela”.

A nota afirmou que o Recife foi “palco de manifestações de ódio contra as mulheres com posicionamento político de esquerda”. “Manifestantes entoaram música com conteúdo machista, linguajar chulo e violento – o que não contribui para o debate propositivo e acentua a polarização política que vivemos neste período eleitoral”.

“Não há justificativa para tal comportamento. Não há lugar para manifestações políticas machistas e misóginas, seja de que partido ou candidato for. As mulheres não podem ser tratadas como uma piada e exigem respeito”, diz o texto.

“Este colegiado é suprapartidário, e foi criado com o intuito de defender os direitos das pernambucanas e de combater todos os tipos de violência contra as cidadãs, incluindo a agressão verbal, moral e psicológica. Sabemos que o ciclo da violência contra a mulher é impulsionado pela cultura machista, que se manifesta por meio de pensamentos e palavras de ódio capazes abalar as mulheres psicologicamente e induzir à violência física, muitas vezes culminando no feminicídio”, afirma ainda a nota.

“O Brasil, e Pernambuco não foge à regra, já conta com índices absurdos de violência contra as mulheres. Não precisamos de fatos novos com potencial para agravar este cenário já inadmissível”.

Bolsonaro

Pelo Twitter, Jair Bolsonaro não citou a música, mas fez referência à questão. “A indignação $eletiva e a de$one$tidade de alguns”, afirmou na publicação na rede social, em que reproduz em uma imagem em que reproduz frases atribuídas ao ex-presidente Lula (PT).

Prazo para requerer segunda via de título termina na quinta-feira (27)

Resultado de imagem para titulo eleitoral

Termina nesta quinta-feira (27) o prazo para o eleitor solicitar a segunda via do título no cartório eleitoral da zona onde está cadastrado. O documento não é o único aceito no pleito de outubro e o eleitor pode se apresentar com outros, desde que seja oficial com foto, como a carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista ou passaporte.

Para solicitar a segunda via do título, o eleitor deve estar em dia com a Justiça Eleitoral, ou seja, não poderá ter débitos pendentes, como multas por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais, como o de mesário, ou ainda ter recebido multas em razão de violação de dispositivos do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965), da Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) e leis conexas. Multas devem ser pagas por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) emitida pelo cartório eleitoral e podem variar de R$ 1 a R$ 35,14.

Adagro anuncia concurso com 140 vagas e salário de até R$ 4,8 mil

Resultado de imagem para adagro pernambuco

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Esta­do de Pernambuco (Adagro) lançou concurso público com 90 vagas profissionais para o cargo de assistente de defesa agropecuária e 50 para o cargo de fiscal estadual agropecuário. Com prova marcada para acontecer no dia 3 de fevereiro do próximo ano, as inscrições serão a­bertas no próximo dia 30 de setem­bro e seguirá até 8 de novembro.

Para o cargo de assistente de defesa agropecuária, o candidato precisa ter formação de nível técnico em agropecuária ou em técnico agrícola, além de possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), no mínimo de categoria B. Serão quarenta horas de trabalho semanais com salário mensal bruto de R$ 2.601,93. As vagas serão distribuídas para diversos municípios de atuação da Adagro, como Recife, Petrolina e Serra Talhada.

Já para o cargo de fiscal estadual agropecuário, serão 40 vagas para formação em nível superior em medicina veterinária e 10 vagas para nível superior em agronomia, além da exigência de possuir também a CNH, no mínimo na categoria B. Para as duas formações, serão quarenta horas de trabalho semanais. O salário anunciado é de R$ 4.860,21. Nesses casos, as vagas também serão distribuídas para diversas cidades, a exemplo do Recife, Caruaru e Surubim.

O concurso será realizado em única etapa, por meio de uma prova objetiva de conhecimentos, de caráter eliminatório e classificatório. Os testes serão aplicados no Recife, Nazaré da Mata, Garanhuns, Caruaru, Palmares, Arcoverde, Salgueiro e Petrolina. Em divulgação no Diário Oficial da União, o concurso terá validade por dois anos, prorrogáveis por igual período. A divulgação do resultado final está prevista para o dia 26 de fevereiro do próximo ano.

Inscrições

Organizado pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe), as inscrições serão realizadas exclusivamente via internet, por meio do site www.upenet.com.br. Para o cargo de assistente de defesa agropecuária, a taxa de inscrição é de R$ 50 e, para o cargo de fiscal estadual agropecuário, o valor é de R$ 64. Os pedidos de isenção da taxa de inscrição devem ser feitos até o dia 15 de outubro.

Ministério Público de Pernambuco recebe onze novos promotores de Justiça

Na última sexta (21), onze novos promotores de Justiça tomaram posse em seus cargos em cerimônia realizada no auditório do Centro Cultural Rossini Alves Couto. Os novos membros juraram defender a cidadania, as prerrogativas constitucionais, a democracia brasileira e as tradições de luta e independência do povo pernambucano. A assunção ao cargo ocorre após a realização de curso de formação que teve início na tarde de hoje, sendo promovido pela Escola Superior do Ministério Público (ESMP).

Aprovados no concurso público realizado em 2015, cuja validade foi prorrogada até 2019, vão atuar em 11 cidades do interior do Estado. São elas: Quipapá, Venturosa, Bodocó, Itaíba, Verdejante, Parnamirim, Mirandiba, Orocó, Floresta, Trindade, Ipubi e Moreilândia. Junto aos outros 41 membros que assumiram os cargos no ano passado e neste primeiro semestre, são, ao todo, 53 novos promotores convocados até agora pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.

Na sessão solene do Colégio de Procuradores, o procurador-geral de Justiça saudou os novos colegas, falou das principais dificuldades que devem ser enfrentadas no exercício as atividades de promotor, ressaltando que a humildade deve ser a principal característica. “Não deixem a beca ou o cargo contaminar a personalidade. Pratiquem a humildade! Os novos promotores vão para uma região muito humilde e a população local precisa de apoio do Ministério Público”, ressaltou ele.

A expectativa do MPPE é que sejam nomeados mais 9 promotores até o final do ano, entre os meses de outubro e novembro. “Nossa expectativa é nomear mais nove entre os meses de outubro e janeiro. Vamos fazer movimentações na carreira, para que seja possível abrir espaço para a entrada de novos promotores”, frisou.

Miguel Arraes deve ser incluído no Livro dos Heróis da Pátria

Resultado de imagem para miguel arraes fotos antigas

Ocupando pela primeira vez o Palácio do Planalto, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, assinará duas leis, uma que modifica o prazo de licença paternidade para militares e a outra que inscreve o nome do ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes (1916-2005) no Livro dos Heróis e das Heroínas da Pátria.

No período em que estiver na Presidência da República, Toffoli também vai assinar a recondução de Henrique Ávila para o Conselho Nacional de Justiça.

Em decorrência da viagem de Temer ao exterior e como o cargo de vice-presidente está vago, a primeira pessoa da linha sucessória no país é o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o segundo, o do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE).

Porém, a legislação eleitoral impede a candidatura de ocupantes de cargos no Executivo nos seis meses que antecedem as eleições. Se Maia ou Eunício assumissem a Presidência da República, ficariam inelegíveis e não poderiam disputar as eleições de outubro.

Livro

Em julho, quando substituiu Temer na Presidência, a ministra Cármen Lúcia sancionou lei em que inseriu mais quatro nomes no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria.

Na ocasião, foram incluídos Maria Quitéria de Jesus Medeiros, Sóror Joana Angélica de Jesus, Maria Felipa de Oliveira e João Francisco de Oliveira (João das Botas), que participaram da Independência da Bahia.

O livro é feito de aço e reúne os nomes de homens e mulheres que se destacaram na defesa da liberdade do país.

A publicação se encontra no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, na Praça dos Três Poderes, em Brasília.

Capela de Nossa Senhora de Guadalupe é furtada em Afogados da Ingazeira

Resultado de imagem para capela de guadalupe afogados da ingazeira

A capela de Nossa Senhora de Guadalupe situado no bairro da Ponte, foi furtada no último sábado (23), em Afogados da Ingazeira. Segundo informações da Polícia Militar, o local onde ficava o dinheiro da coleta e do dízimo estava violado. Não houve indícios de invasão na igreja.

Nenhum suspeito foi encontrado e o valor furtado não foi informado pela responsável pela manutenção da capela. A Delegacia da cidade vai investigar o caso para serem tomadas todas as medidas.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE